Observatório

O Observatório dos Morcegos Cavernícolas do Centro Ciência Viva do Alviela é um projeto pioneiro em Portugal e único na Europa até meados de 2006. As imagens deste observatório provêm de câmaras de infravermelhos instaladas na Lapa da Canada que permitem acompanhar em direto, 24 horas por dia, as diferentes espécies de morcegos que utilizam este abrigo.

Este Observatório está equipado com um sistema de videovigilância de visão noturna de alta resolução, contando com quatro postos de observação permanente instalados numa das galerias do abrigo e foi inaugurado em 2003 devido à existência nas grutas do Alviela de um dos mais importantes abrigos de maternidade de morcegos cavernícolas do país. 
O abrigo onde os postos de observação estão colocados é habitualmente utilizado por milhares de indivíduos de diferentes espécies que aí se deslocam durante o período de maternidade, estimando-se que, entre abril e setembro, a gruta albergue mais de 5000 morcegos, de 12 espécies diferentes, nove delas classificadas como “ameaçadas” no Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal (2005). 
O projeto resultou da parceria entre a Câmara Municipal de Alcanena e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), com conceção técnica da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria (ESTG-IPL). 

Desde 30 de Agosto de 2008, as funcionalidades do Observatório dos Morcegos Cavernícolas estão disponíveis na Web numa iniciativa que envolve entidades públicas e privadas.

Esta estrutura singular em Portugal e no Mundo, tem como objetivo o apoio à investigação científica e está vocacionada para a valorização e sensibilização para a conservação dos Quirópteros.

r
m
  • Primeiros voos
    m
  • Colónia de maternidade
    m
  • Início da época de maternidade
    m